Processo criativo: 10 dicas para impulsionar a imaginação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Engana-se quem pensa que a criatividade é um dom. Ao contrário disso, o processo criativo demanda muito treino, afinal de contas, nem sempre é tão fácil assim estimular a imaginação para criar algo inovador.

 

A criatividade é uma habilidade do ser humano ligada à capacidade de invenção e reinvenção. Por esse motivo, assim como qualquer competência, é necessário treinar todos os dias para despertar e desenvolver a nossa criação.

 

Vale dizer que criamos a partir de experiências anteriores, por isso, antes mesmo de colocar “a mão na massa”, é necessário recorrer a um repertório amplo, bem como às nossas experiências e vivências.

 

Dessa forma, conseguimos criar algo novo e fomentar a nossa criatividade.

 

Sendo assim, abandone a ideia de que criar algo é tão fácil quanto seguir uma dieta simples para emagrecer. 

 

O artigo de hoje vai dar algumas dicas para impulsionar a imaginação e treinar o seu processo criativo. Então, acompanhe a leitura e saiba mais!

1 – Tenha um propósito

Antes de qualquer coisa, é fundamental ter um objetivo traçado para estimular a sua criatividade. Com essa meta, é muito mais fácil orientar a sua capacidade de invenção, já que você tem um propósito para alcançar.

 

Vale dizer que esse objetivo deve te inspirar a seguir em frente, por isso, ele também deve ser motivador.

 

Por exemplo, se você quer ser um designer com foco em pequenos negócios, é interessante começar criando um cartão de visita para lanchonete do seu bairro. Assim, você já vai treinando o processo criativo e segmentando a sua atuação.

2 – Não pare de estudar

Os estudos são a base para qualquer atividade humana. Para quem trabalha com criatividade, é preciso focar de vez em novos aprendizados, já que você não vai conseguir ter novas ideias, sem conhecimento prévio.

 

Ou seja, os estudos são a base para a criatividade.

 

Hoje em dia, é possível encontrar escola particular infantil creche com projetos voltados ao estímulo criativo, para que as crianças despertem essa habilidade desde muito novas.

 

Mas, você pode exercitar a mente a qualquer momento. Há muitas formas de fazer isso, como:

 

  • Fazendo um curso novo;
  • Aprendendo uma nova língua;
  • Lendo um livro;
  • Pesquisando sobre outros assuntos;
  • Entre outros.

 

Você não precisa se concentrar em uma única área. Mesmo que você seja formado em Publicidade, por exemplo, vale a pena dar uma olhada em estudos de outros ramos, como Design e Jornalismo. Também é uma maneira de aprender cada vez mais!

 

Por sorte, nos dias de hoje contamos com o auxílio da maravilhosa internet, que é um mar de novas informações a todo o momento. Dessa forma, fica muito mais fácil continuar estudando, não é mesmo?

3 – Saia da sua zona de conforto

Essa pode ser a melhor dica para quem está buscando formas de estimular a criatividade.

 

Por vezes, ficamos estagnados em nossas ideias simplesmente porque caimos na rotina. Então, é o momento de sair da zona de conforto e tentar coisas novas.

 

Por exemplo, se você está aprendendo ou conhece uma outra língua, que tal treinar um pouco e mudar o idioma das coisas que você consome?

 

Experimente ler os rótulos em inglês, assistir filmes sem legenda e mudar a língua do seu smartphone. Parece algo simples, mas que já vai te tirar da zona de conforto.

 

Não apenas no idioma, essa dica é válida para outras atividades. Você pode tentar criar algo que não está acostumado, pegar um novo trabalho mais desafiador ou só mudar a rota que você pega todo dia para ir trabalhar.

4 – Fuja da sua rotina

Essa dica também tem a ver com a saída da zona de conforto, já que a rotina é uma das coisas que mais pode atrapalhar o processo criativo.

 

Claro que precisamos dela, afinal de contas, é por meio da rotina que nos organizamos para trabalhar, cumprir as tarefas do dia a dia e gerenciar melhor a nossa vida. Mas, com algumas atitudes simples, você já pode mudá-la um pouco.

 

Experimente, por exemplo, mudar um pouco o seu estilo. Coloque uma camiseta personalizada com logo e aquele sapato que você quase não costuma usar.

 

Ou então, ao invés do bom e velho ar-condicionado, prefira abrir as janelas, tomar um café olhando a paisagem urbana. São esses pequenos atos que fazem a diferença no seu dia a dia e podem contribuir para estimular a criatividade.

5 – Faça exercícios físicos

Não vou nem entrar no mérito aqui do quanto os exercícios físicos são fundamentais para a nossa saúde, pois isso já é sabido. Mas, você acredita se eu disser que as atividades também ajudam no processo criativo?

 

Isso é absolutamente verdade!

 

O nosso corpo foi feito para se movimentar e quanto mais saudáveis estamos, melhor o nosso cérebro trabalha.

 

Fora que os exercícios físicos ajudam na oxigenação de todo o nosso organismo, permitindo que o cérebro funcione bem melhor.

 

Por isso, que tal fazer aquele treino funcional de alta intensidade logo ao acordar? É uma boa forma de levantar na cama já pronto para um novo dia!

6 – Observe mais o mundo ao seu redor

Muitas ideias acabam surgindo das associações mais absurdas da nossa mente.

 

Por esse motivo, vale a pena observar com mais atenção o mundo ao nosso redor. Tudo o que vivenciamos pode acabar servindo de inspiração e colaborando com o processo criativo.

 

Se você estiver estagnado em um processo de criação de um backdrop portatil, por exemplo, pare um pouco o que você está fazendo e dê uma caminhada no seu bairro.

 

Você vai ver que aos poucos a inspiração vai surgir, só de olhar alguns aspectos da vida cotidiana.

7 – Converse com as pessoas

Sabe o que é uma grande fonte de inspiração? Pessoas!

 

Sim, muitas vezes conseguimos despertar a nossa criatividade com uma simples conversa com um de nossos colegas de trabalho, ou brincando com nossos filhos.

 

Por esse motivo, vale a pena investir algumas horas do seu dia para relacionar-se e conversar com a família, os amigos e conhecidos. 

 

Ah, e não tenha medo de pedir ajuda. As conversas também abrem caminho para que você tire dúvidas e peça ideias para conhecidos.

 

Inclusive, é uma boa maneira de fazer o brainstorm (chuva de ideias)!

 

Então, sabe aquele troféu de acrílico para personalizar que você não está encontrando a ilustração certa? Converse com um amigo e peça ajuda. 

8 – Tire um tempo para descansar

Quem trabalha com criatividade tem que tirar um tempo para descansar. Afinal, não somos máquinas, por isso, precisamos de um tempo para relaxar a mente.


As pausas e descansos fazem muito bem ao cérebro. Você já deve ter notado que, quanto mais pensamos em algo, mais difícil parece ser a resolução do problema.

 

Isso ocorre porque as ideias precisam de um tempo de incubação, que é feito inconscientemente. Sendo assim, dê um tempo para você e deixe que as partes ocultas do seu cérebro trabalhem um pouco.

9 – Coloque as ideias no papel

Não tenha pressa, porque uma hora as ideias vão surgir como uma avalanche na sua cabeça. No entanto, nem todas serão muito boas, por isso, é importante colocar cada uma delas no papel, para a avaliar a viabilidade.

 

Sendo assim, depois que você foi “iluminado”, está na hora de escrever cada uma das ideias e testá-las.

 

O registro também garante que você não perca o fio da meada, visto que é bastante comum cairmos em alguns devaneios criativos.

10 – Não tenha medo de errar

Você deve ter ouvido que “errar é humano”. De fato, essa frase está mais do que correta, pois até os maiores gênios da humanidade erraram em algum momento.

 

Para o trabalho criativo, os erros são tão importantes quanto as ideias, pois muitas vezes, eles nos fornecem a inspiração necessária para refazer um projeto.

 

Ou então, uma ideia que de início parece muito boba pode se mostrar extremamente eficaz. Mas, você nunca saberá se não tentar!

Conclusão

Você trabalha com criatividade? Se sim, é provável que você já tenha tentado algumas das recomendações que demos no artigo de hoje, até porque não é tão fácil assim lidar com o processo criativo.

 

No entanto, com algumas ações simples do dia a dia, você pode ter inúmeros tipos de inspirações, sem deixar que os seus projetos fiquem estagnados.

 

Lembre-se sempre de estudar, ter um bom relacionamento com as pessoas, um olhar observador e o principal: descansar um pouco a sua mente.

 

Afinal de contas, um dos grandes segredos da criatividade é saber quando o nosso cérebro também precisa de uma pequena pausa.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Redação

Redação

Blog voltado para estudantes e profissionais do marketing, design, publicidade e entre outras áreas criativas, levando conteúdo de forma simples.

Comentários

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Criado por WP RGPD Pro