O impulsionamento nas eleições de 2018

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Nas eleições de 2016, era comum ler esse tipo de manchete: “Pré-candidato que paga por post no Facebook comete irregularidade, diz TRE”. Isso porque a Lei Eleitoral, taxativamente, em seu artigo 57-C, vedava a veiculação de qualquer tipo de propaganda paga na internet. Sim, vedava, porque agora não proíbe mais.

Com a mini-reforma aprovada no Congresso em 2017, as redes sociais estão liberadas já a partir de agora para a pré-campanha, desde que não haja pedidos expressos de votos e que não se apresentem oficialmente como candidatos.

E uma das grandes novidades em relação às eleições de 2016 é que está liberado o impulsionamento de conteúdo, ou seja, o pagamento para que postagens em redes sociais como o Facebook, Instagram ou YouTube alcancem um número de usuários maior.

Não existe nada regulamentado quanto ao valor máximo desse investimento, até porque esse é um controle exclusivo do Facebook com o seu cliente, que paga através de boleto ou do cartão de crédito.

Os críticos a essa nova norma afirmam que o impulsionamento gera uma desigualdade econômica ao beneficiar aqueles pré-candidatos que têm maiores disponibilidades financeiras para financiar essa estratégia paga de campanha.

Com menos de um ano para a disputa e com pouco tempo de exposição no rádio e na TV, é imprescindível que os pré-candidatos montem suas equipes, estabeleçam suas estratégias e explorem ao máximo o potencial da Internet e das Mídias Sociais. E agora com esse novo recurso: o impulsionamento.

Mas não basta só impulsionar, é preciso ter conteúdo e produzir aquilo que as pessoas querem ler, ouvir ou assistir. Mas isso veremos em outro artigo.

Participe do Curso de Marketing Eleitoral Digital em Aracaju-SE!

Cícero Mendes

Cícero Mendes

Publicitário, jornalista e consultor político. Atuou como Assessor de Imprensa da Prefeitura de Aracaju e do Governo do Estado. Foi correspondente do portal Terra em Sergipe e editor dos principais jornais locais. Assessora e presta consultoria a deputados estaduais e federais. Atuou na coordenação de mais de 20 campanhas eleitorais. É o principal executivo da Empauta Comunicação, empresa especializada em Marketing Governamental, Político e Eleitoral, com 10 anos de atuação.

Comentários

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Criado por WP RGPD Pro