Marketing de Guerrilha

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Tentar aproveitar ao máximo as oportunidades de uma marca ainda pequena para que elas possam se destacar no mercado com pouco investimento. Assim podemos contextualizar o marketing de guerrilha.

Agências e empresas que precisam criar grandes ações, promovendo um forte impacto, porém, com um orçamento limitado, pode fazer uso das campanhas poderosas de marketing de guerrilha.

Criado pelo pai do marketing Jay Conrad Levinson, o marketing de guerrilha surgiu nos anos 70, dentro de uma ideia que tinha por intuito chamar a atenção dos consumidores através da desconfiança em relação aquilo que estava sendo anunciado.

A ideia é conseguir, mesmo com recursos reduzidos, alcançar resultados através de campanhas inusitadas.

Imagine um ônibus que “vira todo amarrado por uma cobra”, faixas de pedestres que viram batatas fritas…

Marketing de guerrilha, grande potencial

Criado justamente com base nas estratégias da guerra do Vietnã, o Marketing de guerrilha surgiu com através desse termo da guerra, onde forças mais fracas precisavam aproveitar ao máximo seus conhecimentos para vencer forças maiores.

A mesma ideia se apropriou seu criador, onde empresas menores buscam o Marketing de guerrilha para se destacarem diante de seus concorrentes com o menor investimento.

Porém, até mesmo as grandes empresas já perceberam o potencial do Marketing de guerrilha para fazer bons resultados e conquistar clientes. Tanto que muitas delas se apropriam desse conceito para criar suas campanhas.

Como fazer Marketing de guerrilha?

O Marketing de guerrilha se apropria de algumas ferramentas que agências e empresas podem utilizar para criar as ações. As principais ferramentas são:

  • Intervenção urbana
  • Astroturfing: mascarar os patrocinadores
  • Marketing de emboscada: conjunto de ações publicitárias paralelas, de caráter direto ou indireto,
  • Flash mob: instantâneas de pessoas em certo lugar para realizar determinada ação
  • Eventos e patrocínios
  • Marketing invisível
  • Viral
  • Land art

Existe um momento certo para fazer Marketing de guerrilha?

Na verdade não existe um momento especifico ou considerado certo, ao contrário do marketing de oportunidade.

Devido a tantos estímulos que são acionados diariamente, devido a tantos compartilhamentos, as empresas podem se apropriar dessas ferramentas e criar suas campanhas.

O Marketing de guerrilha se destaca, porque de forma interativa e envolvente, consegue atingir pessoas e engajá-las em determinadas situações simples do cotidiano.

Um dos grandes benefícios do Marketing de guerrilha é fazer a segmentação, uma vez que atinge diretamente o público alvo em momentos estratégicos e criados com menores investimentos.

Tudo isso através de ideias simples e segmentadas e que nunca passam despercebidas pelo público. Já pensou, por exemplo, esperar o ônibus sentando em um banco que imita o seu chocolate favorito?

Ou através em uma faixa de pedestres feita de batatas fritas. É dessa forma divertida e impactante que o marketing de guerrilha se desenvolve e atrai milhares de pessoas.

Ao invés de pequenas empresas investirem milhões de dinheiro em mídias tradicionais, inclusive saturadas, elas podem realizar campanhas de Marketing de guerrilha na rua e atraindo muito mais pessoas.

Sem dúvida as empresas que pensam em campanhas de Marketing de guerrilha sempre tem uma chance de inovar diante de seu público alvo, criando assim muito impacto e o famoso “boca a boca” através dos comentários das pessoas.

Oportunidade de conseguir atrair a atenção da mídia – mídia exponente e Marketing de guerrilha  

Sem dúvida, outro diferencial do marketing de guerrilha é poder criar uma ação tão bacana que até a imprensa convencional acaba fazendo reportagens sobre a campanha.

Imagine um outdoor onde um homem arrependido pede desculpas para sua companheira. Será que foi traição? O que será que ele fez? Em seguida, outra mensagem do mesmo homem fala “ama a companheira e quer casar”.

São ações desse tipo que chamam muito a atenção das pessoas, começando primeiramente por registros fotográficos e compartilhamentos nas redes sociais. Todo mundo quer saber quem é o homem.

Em seguida, não demora para a imprensa notar a curiosidade do povo e ir atrás da informação. No fim, tudo consistia em vender uma loja de joias e alianças.

Através de uma campanha do tipo de Marketing de guerrilha, é possível gerar o que chamamos de mídia espontânea. Onde o interesse em publicar determinado assunto parte da própria mídia, sem a necessidade da empresa “vender a informação”.

O Marketing de guerrilha gera também uma grande empatia entre consumidor e marca, aumentado a visibilidade e consequentemente aumentando a popularização da marca.

Grandes empresas também realizam Marketing de guerrilha

Você deve estar se perguntando agora se o Marketing de guerrilha pode ser útil para sua empresa, e a resposta é sim! Pense comigo: se até grandes empresas como Red Bull, McDonald’a e Nestlé fazem Marketing de guerrilha, imagina as demais empresas.

Das micro, pequenas médias e grandes corporações, o Marketing de guerrilha sempre é uma boa estratégia para quem quer criar impacto, fidelizar clientes e ter bons resultados.

A Colgate, por exemplo, realizou uma campanha de Marketing de guerrilha, onde criou palitos de sorvete com o logo da marca. Porém, o consumidor não fazia a menor ideia.

Você comprava um sorvete, comia e de repente descobria que no palito tinha o logo da marca e ainda em formato de escova de dente.

Sem dúvida, o Marketing de guerrilha é uma das maneiras mais interessante de agências e profissionais do marketing realizarem grandes campanhas e conseguir excelentes resultados.

Dicas para fazer Marketing de guerrilha

Procure, antes de mais nada, conhecer muito bem o cliente  ou a empresa para a qual será desenvolvida a campanha de Marketing de guerrilha.

Sabemos bem como campanhas mal pensadas podem gerar impactos negativos, comprometendo fortemente a imagem da empresa.

Sempre considere a questão de envolver clientes e criar uma certa empatia dos clientes com a marca. Em alguns casos, fazer parcerias com outras empresas pode ser um grande diferencial.

Mateus Barboza

Mateus Barboza

Administrador, designer, social media, fundador do Marketing com Café, podcaster e fotógrafo por hobby.

Comentários

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Criado por WP RGPD Pro