Tudo que você precisa saber sobre Outbound e Inbound marketing

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print
Compartilhar no email

A clássica batalha do tradicional e o novo definem o tema quando o assunto são as diferenças entre inbound marketing e o outbound marketing. O fato é que as duas estratégias de marketing apresentam um foco completamente diferentes.

Enquanto o inbound marketing tem como principal estratégia a atração do cliente de uma forma orgânica e espontânea, o outbound marketing se mostra uma estratégia mais agressiva de marketing muito utilizada pelos setores de venda.

Um bom exemplo disso é a comparação entre o marketing digital e o telemarketing por exemplo.

A dúvida que não quer calar é: qual o melhor modelo a ser adotado? Entretanto, é óbvio que não existe uma resposta definitiva para essa pergunta, se não, essa questão não seria tão amplamente debatida em todo o mundo empresarial nos dias de hoje.

Então se você quer saber tudo sobre o inbound marketing e o outbound marketing continue lendo e descubra as principais diferenças entre esses dois modelos.

Inbound marketing – a atração

Juntamente com o avanço das tecnologias, veio também uma nova compreensão de marketing que vê de uma maneira diferente o processo de vendas em funil. De uma forma muito simples, pode-se dizer que nesse modelo tudo se inicia a partir de um planejamento, que é o momento em que se definem as estratégias e se escolhem as plataformas que serão utilizadas. Tudo isso passando por diversas etapas até que seja possível chegar a conversão.

Nesse modelo de marketing é utilizada uma abordagem diferente para cada uma das etapas.

Há quem diga que o inbound marketing é uma estratégia que tem como base a função de conquistar o interesse do consumidor ao invés de comprar ele através de trocas.

Justamente por isso é que é preciso nutrir o público-alvo com informações que sejam relevantes para que ele se engaje e continue seguindo nas etapas do funil.

Estratégias de inbound marketing

Aqueles métodos que englobam a geração de tráfego já são velhos conhecidos de quem usa o marketing digital. Assim sendo, não é novidade nenhuma que o pilar mais importante dessa estratégia é o SEO. Isso porque é preciso estar bem posicionado com as palavras-chaves do seu negócio.

Já para a parte de conversão são utilizadas landing pages bem segmentadas e munidas das iscas digitais, que pode ser qualquer material relevante e rico para a audiência, tais como infográficos, vídeos, e-books e etc.

Para que seja possível que esse LED Avant ainda mais no funil de compra é possível fazer um envio de emails automatizados nutrindo a relação com cliente. Veja alguns exemplos de estratégias separados de acordo com o objetivo:

Para gerar  tráfego

  • Criar artigos para blog
  • SEO off e on page
  • Facebook AdSense
  • Google AdWords

Para converter tráfego em lead

  • Gerar o material relevante
  • Utilização de landing pages
  • Utilização de call to Action

Para converter leads em clientes

  • E-mail marketing
  • Lead scoring

Como isso é possível conquistar a sua audiência de uma forma mais espontânea para que ela busque seus produtos e serviços quando estiver pronta para avançar no funil de vendas.

Segundo pesquisa, o inbound marketing costuma ser uma ferramenta até 62% mais econômica que o outbound do marketing.

Outbound marketing

Embora estejamos no mundo digital, ainda existe a possibilidade de utilizar a boa e velha abordagem do outbound. Muita gente acredita investir no outbound marketing já está ultrapassado visto que existem muitas plataformas digitais disponíveis atualmente.

O que acontece é que muitas empresas ainda utilizam essa estratégia e se você está se perguntando o porquê disso a resposta é simples: porque ela funciona, oras!

Entretanto, é preciso lembrar que para botar esse modelo de marketing em funcionamento é necessária uma estrutura bem maior e, consequentemente, mais cara pois ele faz uso de estratégias como promotoria de vendas e o telemarketing.

Nesse modelo de marketing existem diversos meios através dos quais as empresas montam seu banco de dados. Isso tudo pode ser feito através do PDV, que é o ponto de venda, ou até mesmo quando alguém compra com a marca.

O que é preciso ser dito é que nesse tipo de abordagem é que o nível de rejeição vindo do cliente costuma ser muito maior, entretanto, pensando em um sistema de larga escala e com resultado a curto prazo, certamente o outbound marketing é bastante vantajoso.

Estratégias de outbound marketing

Embora possa soar velho e ultrapassado, o outbound marketing vem se adaptando muito bem às mudanças geradas pelo uso cada vez maior da internet. Isso porque é possível realizar uma aproximação mais pessoal do departamento comercial graças a quantidade de informação que se pode obter a respeito de um determinado prospecto. Justamente por isso é que as ações se tornam muito mais efetivas.

Entre algumas ferramentas e estratégias do outbound, podemos citar as seguintes:

Geração de leads:  é preciso identificar quais são os segmentos do mercado mais interessantes buscando em tempo real os dados necessários para que se possa analisar os prospectos e encaminhá-los já qualificados para o comercial.

Uma excelente maneira de buscar novos leads pode ser através do LinkedIn. Isso porque através dele, você pode filtrar os usuários de acordo com a empresa que trabalham, seus cargos, sua área de atuação, sua localização e etc.. Dessa forma, utilizando o in-mail, é possível chegar até esse lead sem nem precisar ter uma conexão com o perfil dele.

Cold calls: possibilidade de criação de roteiros altamente customizados para as conversas realizadas, sendo totalmente baseados no segmento e levando em consideração também os objetivos e desafios do cliente.

E-mail marketing: possibilidade de disparar e-mail altamente segmentados com conteúdos voltados para a conquista de cliques nas páginas trackeadas. Assim se torna possível inserir cookies nos prospectos atingidos tornando-os alvos de futuros conteúdos com segmentação específica.

Mala direta: é possível enviar oferta e também anúncios para cada segmento

PPC:  utilização de dados psicográficos para que seja possível focar em usuários específicos e também segmentos de mercado, alcançando-os com mensagens altamente personalizados

Eventos: utilização de propagandas online e nas mídias sociais para atingir pessoas interessadas ou participantes de um determinado evento com mensagens relevantes ao público.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre o inbound marketing e o outbound marketing, as diferenças entre eles e já pode escolher qual o melhor para a sua empresa. Aproveite!

Mateus Barboza

Mateus Barboza

Administrador, designer, social media, fundador do Marketing com Café, podcaster e fotógrafo por hobby.

Comentários

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Criado por WP RGPD Pro