4 tendências para o setor de Recursos Humanos em 2024

4 tendências para o setor de Recursos Humanos em 2024

Avanços sociais e tecnológicos têm impacto significativo na cultura empresarial. Profissionais de RH precisam estar atentos

O setor de recursos humanos é essencial para garantir a motivação no trabalho e o engajamento dos colaboradores. Para isso, o profissional de RH precisa estar em dia com as tendências do mercado.

A Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH) afirma que a capacidade de inovação e a adaptação rápida às mudanças são competências-chave para a área. 

Com o avanço contínuo da tecnologia, esses profissionais precisam constantemente se reinventar em um ambiente de trabalho que se torna cada vez mais virtual e conectado.

Em 2024 isso não será diferente, com as tendências tecnológicas e sociais que estão emergindo. 

O papel do RH está se transformando para além de um facilitador de processos internos e gestor de benefícios, como cartão multibeneficios, horário flexível, treinamentos profissionais, programas de bem-estar, entre outros. O setor torna-se mais um aliado para o crescimento estratégico das empresas. 

Quatro tendências para 2024 podem impactar significativamente o trabalho dos profissionais de recursos humanos. 

Foco no bem-estar dos colaboradores

O bem-estar dos colaboradores deve ganhar mais protagonismo no setor de RH. Estudos da ABRH indicam que funcionários em ambientes desmotivadores e ruins usam apenas 8% de sua capacidade de produção.

Por outro lado, empresas que se esforçam para criar um ambiente mais positivo atingem um índice de utilização em torno de 60%. 

A diretora-executiva de Pessoas e Responsabilidade Social Corporativa da Pluxee no Brasil, Fabiana Galetol, defende que esse processo começa na comunicação. “O colaborador precisa ter confiança, se sentir parte da empresa e enxergar benefícios além do local de trabalho.

O resultado é mais engajamento, comprometimento e aumento nos indicadores de felicidade, além de mais atração e retenção de talentos”, afirma em texto publicado pela ABRH.

Automatização de processos no Recursos Humanos

O relatório Future of Jobs, organizado pelo Fórum Econômico Mundial, revela que a inteligência artificial (IA) é um dos campos mais promissores para o mercado de trabalho.

Mais de três quartos das empresas têm planos de integrar a IA em suas operações nos próximos cinco anos. 

Com a introdução dessas tecnologias com o propósito de automatizar os processos, os profissionais de RH ficarão livres para focar em atividades estratégicas.

Para o  vice-presidente sênior da Access Latam, Inon Neves, em 2024 os trabalhadores irão vivenciar tanto os benefícios produtivos quanto os desafios apresentados pela IA generativa.

“Os profissionais de RH devem estar atentos ao uso responsável dessa tecnologia, para que se possa ter um retorno positivo.

Com uma gestão ética da IA, a ferramenta pode otimizar o trabalho do setor, principalmente quando falamos de recrutamento e seleção”, explica em entrevista à imprensa.

Trabalho híbrido

Não é novidade que a pandemia impulsionou a adoção do trabalho remoto. Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) revelam que em 2022, havia 7,4 milhões de pessoas trabalhando de forma remota no Brasil.

Contudo, com o relaxamento das medidas de isolamento, várias empresas retomaram o modelo presencial ou adotaram um formato híbrido.

Para 2024, a tendência é que o trabalho híbrido solidifique-se ainda mais, com as organizações buscando o equilíbrio ideal entre flexibilidade e colaboração presencial. Inclusive, um relatório da Consultoria JLL, divulgado em março deste ano, indica que o modelo de trabalho já é popular no país. 

De acordo com a pesquisa, 86% das empresas brasileiras optam pelo modelo híbrido, em contraste com 54% na região da Europa, Oriente Médio e África; 44% na Ásia-Pacífico e 41% na América do Norte. A forma mais popular em dois dias de trabalho no escritório e três dias de trabalho remoto por semana. 

Implementação da diversidade e inclusão

A pauta de diversidade, equidade e inclusão (DEI) também é uma tendência. Conforme estudo realizado pela startup Blend Edu, em 2022, 81% das empresas brasileiras alocaram recursos financeiros específicos para iniciativas nessa área.

Essas organizações observam um aumento significativo no engajamento dos colaboradores, bem como uma maior facilidade em atrair e reter talentos. 

Inon Neves explica que a melhor maneira de manter uma equipe diversificada é através das práticas de contratação mais inclusivas. “Remover preconceitos inconscientes e atrair mais candidatos de diferentes origens” são algumas das dicas dadas por ele. 

Durante o Congresso Nacional de Gestão de Pessoas (Conarh), essa pauta foi debatida como uma necessidade do mercado e da sociedade. A sugestão, indicada durante as palestras, é que os profissionais busquem formas de criar oportunidades para aqueles que nunca as tiveram. 

William Mendes

William Mendes

Atua há 10 anos na área de marketing, atendendo empresas do Brasil, China, Espanha, Portugal, Israel e Estados Unidos. Experiência com: SEO, Facebook ADS, etc.

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Otimizado por Lucas Ferraz.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Criado por WP RGPD Pro