Currículo em inglês: 4 dicas para preparar o seu

Um currículo em inglês não é mais uma exclusividade de quem quer concorrer a uma vaga de trabalho fora do país. Com o aumento do trabalho à distância, esse documento se tornou essencial mesmo para quem quer buscar uma oportunidade de trabalhar daqui mesmo… em frente ao monitor e atrás do teclado. Se você quer estar preparado(a), confira as 4 dicas que reunimos neste artigo. Com elas, você será capaz de preparar um currículo em inglês capaz de impressionar recrutadores do mundo todo. 

currículo em inglês

Como preparar seu currículo em inglês (résumé, nos EUA e no Canadá, e CV na Inglaterra) 

1.Use a ordem cronológica inversa


Em todas as sessões do seu currículo, você vai listar as informações da mais recente para a mais antiga. Isso vale tanto para os cargos que você ocupa atualmente e já ocupou quanto para sua educação formal e cursos que tenha feito.

2.Mantenha a objetividade


Um bom currículo em inglês é curto. Normalmente, é um documento de apenas uma página. Portanto, concentre-se em informar exatamente aquilo que é mais relevante para a posição que você quer conquistar.

3.Saiba o que não colocar no seu currículo

Sua idade, seu estado civil, o número do seu passaporte, RG ou da sua carteira de motorista, sua foto e seus perfis em redes sociais. 

Embora alguns desses itens sejam usados em currículos em português, você não vai usar nenhum deles em um currículo em inglês. Exceto se eles forem relevantes para a vaga à qual você quer concorrer. Como pode ser o caso, por exemplo, de um perfil do Instagram para uma vaga de fotógrafo ou de produtor.

Contemple as 5 partes essenciais de um bom currículo 

Inicie seu currículo informando seu nome completo, endereço residencial e endereço de e-mail. Caso você tenha um perfil no Linkedin e/ou um portfólio on-line, também vale a pena incluir os links como parte das informações pessoais.

Depois destas cinco ou seis linhas iniciais, um bom currículo em inglês inclui 5 partes: Objective, Work Experience, Education, Skills e Additional Information. Confira a seguir o que não deve deixar de incluir em cada uma delas. 

Work Experience

  • Position: o cargo que você ocupa no momento ou ocupou em seu mais recente emprego.
  • Company: a empresa em que você trabalha ou a mais recente em que trabalhou
  • Location: última cidade, estado e país onde trabalhou
  • Date of employment: data inicial ou inicial e final do seu contrato de trabalho mais recente.
  • Responsibilities: descrição de 3 a 4 tarefas que são/eram de sua responsabilidade em seu trabalho mais recente. 
  • Achievements: descrição de um ou dois ganhos ou melhorias que você tenha possibilitado à empresa por meio do seu trabalho, na última posição que ocupou.

Education

  • University: cite o(s) nome(s) da(s) universidade(s) pela qual você se graduou.
  • Major: o(s) curso(s) nos quais se formou.
  • Graduation date: a data em que conclui este(s) curso(s). 
  • Extracurricular activities: atividades extras com as quais você tenha se envolvido durante a graduação, e que possam ter contribuído para a sua formação. 
  • Foreign languages:  aqui, vale colocar também cursos de inglês e outros idiomas que você tenha feito, sem esquecer de especificar seu nível de domínio dessas línguas. Esta, para o recrutador, é a informação mais importante. Caso você não tenha certeza do seu nível, um bom parâmetro é usar a definição do Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas, que é um padrão reconhecido e aceito no mundo todo.
  • Continuing Education: caso tenha feito cursos livres ou profissionalizantes que tenham a ver com a sua formação, também pode mencionar nesta parte.

Skills

Nesta parte, você vai listar dois tipos de habilidades. As chamadas hard skills, que são suas habilidades técnicas (como Digital Business Analysis, Digital Marketing, Data Visualization, App Development, etc). E também as soft skills, que são suas habilidades pessoais e relacionais, que podem incluir Clarity, Concision, Attention to Details, Assiduity, Punctuality, etc.

Para valorizar estas informações, lembre-se de usar action verbs, os verbos de ação em inglês. Para ajudar, confira uma lista destes verbos, publicada neste artigo publicado no blog MosaLingua

Additional Information 

Já nesta sessão do seu currículo, entram premiações que você tenha ganho (Awards) e certificados que tenha recebido (Certificates), congressos e conferências de que tenha participado (Conferences) e seus hobbies (Hobbies), por exemplo.  

Objective

Este, na verdade, é o segundo ponto do seu currículo. Ele deve estar lá no começo, logo depois das suas informações pessoais.

No entanto, para facilitar sua tarefa na hora de escrever, vale a pena escrever o Objective por último. Isso porque se trata de um texto curto (normalmente, com 4 ou 5 frases), que resume sua experiência, sua educação, suas principais conquistas e o que faz com que você acredite que seu trabalho pode ser útil para a empresa em que você quer conquistar uma vaga.

Então, embora as demais informações possam ser usadas para diferentes empresas. O seu objetivo deve ser definido sob medida. Ou seja: tendo em vista uma vaga específica em uma empresa específica que seja do seu interesse. 

Aproveite para conhecer o nosso artigo com 74 dicas para criar um perfil campeão no LinkedIn.

Lize Gevaerd é jornalista, especialista em marketing e produtora de conteúdo em português para o MosaLingua.

Redação

Redação

Blog voltado para estudantes e profissionais do marketing, design, publicidade e entre outras áreas criativas, levando conteúdo de forma simples.

Comentários

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Criado por WP RGPD Pro