Marketing

Você não precisa saber fazer tudo, mas tem que saber de tudo!

Marcelle de Oliveira

“Não vale a pena olhar para o passado e pensar: devia ter feito isso ou aquilo…” (Steve Jobs)

Ainda são poucas as empresas que conseguem enxergar a importância do Departamento de Marketing. Sim, há quem insista em pensar que o profissional de criação tem que fazer todo o processo, desde a elaboração do design até onde serão distribuídos os materiais de divulgação (conheci muita empresa que funciona desse modo).

Para piorar, a instituição associa o marketing à distribuição de panetones quando chega dezembro. Não me levem a mal, mas o marketeiro é mais do que alguém que vai criar uma ação para alavancar as vendas, ao menos eu, tento associar minhas funções ao básico do CEO, organizando e gerenciando todas as minhas tarefas, se não, a coisa foge de controle mesmo, que dirá quem não tem um profissional para executar essa área.

Nessa segunda, quero deixar minha dica para quem está se interessando pela área: Saiba de tudo!

Manter-se informado é fundamental para quem quer seguir a área

Manter-se informado é fundamental para quem quer seguir a área

Ainda não conheci um profissional que soubesse exercer todas as áreas da comunicação com perfeição, mas, adotei esse sistema para mim: tento saber o máximo de coisas que puder!

Ações de marketing são quase que constantemente vistas com certa desconfiança, isso porque, em geral, costumam apresentar um orçamento mais salgado. Por isso, sempre que eu tenho uma ideia e quero apresentá-la, eu mesma faço um ‘rascunho’ do projeto. Eu me preparei para saber o básico das coisas que preciso e não depender de terceiros sempre, exemplo: você pode trabalhar no marketing, mas não seja limitado. Você pode saber redigir um texto, fazer umas fotos, editar vídeos e imagens, conhecer as redes sociais…Gente, isso não é pedir demais e você também não vai tirar o emprego de ninguém, ok?!

Isso é otimizar tempo. Se sua ideia for aprovada é claro que o material será enviado para o profissional da área fazê-lo da melhor forma. Mas, já pensou se toda hora que eu tivesse uma ideia, eu dependesse de outra pessoa para editar uma simples vinheta? Vamos entender uma coisa: você não vai ser aquele funcionário faz tudo escravizado (que busca até o cafezinho), mas, você precisa ao menos entender dos assuntos que cercam seu departamento para não ficar ‘boiando’ durante uma reunião. Se você precisar de alguém até para fazer uma apresentação no Power Point, porque não sabe mexer (e nem se interessa em aprender), tem alguma coisa de errado. Não se acostume com mesmices, porque quem atua com comunicação tem que se atualizar: o mercado pede isso!

PS: Falando em Power Point, esteja de olho em outras plataformas para fazer suas apresentações: a aparência do conteúdo é tudo e, ninguém merece aquelas apresentações de slides super ultrapassadas.

Obter conhecimento nunca é demais. Por isso, não se afunde na sua zona de conforto. Vá em busca de informação e coloque a mão na massa, se não, outro fará mais por você. Lembre-se que o mercado precisa de pessoas pró-ativas. Não adianta ver o problema mas não apresentar uma solução.

Se tiver alguma sugestão, manda pra mim. 
Abraços. Até.

Sobre o autor

Marcelle de Oliveira

Marcelle de Oliveira

Marcelle de Oliveira. 24 anos, carioca.
Analista de Marketing e Produtora de Conteúdo. Tecnólogo em Web Design pela Rede MV1. Jornalista. Graduada em Publicidade e Propaganda pela UCB. >> Sigam-me os bons: @marcelle.deoliveira

Assine a nossa Newletter

Junte-se aos nossos leitores inteligentes e receba conteúdo semanal. E o melhor é Grátis!

Confirme a sua inscrição no seu e-mail. Obrigado!