Marketing Marketing Pessoal

Uma nova visão do marketing pessoal: o estratégico

Redação
Escrito por Redação

Posiciono o marketing pessoal num espaço de tempo e que eu denomino de as três eras do mesmo.

A 1ª era, num tempo não muito distante, num lugar muito mais perto do que você imagina, falar de marketing pessoal era feio, ou se associava a “exibicionismo”, “puxa-saco”, enfeitar o pavão, fazer um bom treinamento de oratória e se vestir com roupas de marca. Nunca me esqueço de um evento que participei numa semana acadêmica de psicologia em uma renomada universidade brasileira onde uma professora de psicologia disse um pouco antes da minha palestra: “fazer marketing pessoal, vender sua marca e imagem é PECADO”.

Bem, não precisa dizer que minha fala sobre “marketing pessoal para psicólogos – o que queremos comunicar” foi de muito sucesso, pois dentro do próprio código de ética e de conduta da psicologia deu para levar a reflexão sobre como preparar a psicologia para “vender” seus serviços/ideias sem culpa, demonstrando como trabalhar com o quantitativo aliando ao qualitativo.

A 2ª era, a qual vivemos ainda hoje, é a era do marketing pessoal da imagem, da roupa, visagismo, personal estilista, personal compras, personal imagem, personal corpo, personal se comportar, personal embalagem, personal redes sociais, personal afetivo… (na verdade estas palavras verdadeiramente são usadas em língua estrangeira, pois assim fica mais chique, mas eu gosto do nosso português mesmo).

Só que nesta era já vieram conceitos de planos da sua marca pessoal embasados nos modelos de marketing dos 4, 6, 9 ou 12 Os, mas que todos estão fundamentalmente nos quatro Ps do composto de marketing (Produto + Preço + Praça + Promoção). Um, ou outro, tem dado um toque mais direcional, quando trabalha a visão, a missão e os valores do indivíduo. Mas ainda muito focado no exterior, ou seja, na embalagem das pessoas e dos profissionais.

Já na 2ª era eu defendia e pregava que qualquer profissional deve se preocupar em divulgar o seu trabalho, pois marketing pessoal é um processo contínuo de conquistas que gera a imagem que a pessoa, ou o profissional, tem no mercado. É preciso projetar/vender no mundo sua imagem e, mais do que isso, ver a si próprio no futuro. Ou seja, já trabalhando com planejamento em marketing pessoal.

Estas duas eras podemos dizer que, mesmo de uma forma fragmentada do potencial verdadeiro do profissional, foram importantes para esta nova era, porém para o novo profissional ele deve abandonar a sua casca (embalagem) apenas exterior e ir a sua busca de fato do seu autoconhecimento e valor único.

Com isto estamos entrando na 3ª era que é a era da evolução para o marketing pessoal estratégico, ou seja, traz uma nova visão, um novo conceito, um novo pensamento e uma nova atitude que é o pensamento/atitude muito mais estratégico do que o conteúdo interno, da marca e imagem de uma pessoa, ou profissional, no seu mercado, tanto para a sua cliente interna (ele mesmo e os que o acercam), quanto para o cliente mercado externo. Um novo pensamento e atitude estratégico mostrando e definindo claramente qual o caminho a ir.

Este novo marketing pessoal estratégico está embasado num novo modelo de competências para o desenvolvimento pessoal e profissional.

Este novo modelo possibilita proporcionar aos profissionais o aprimoramento e desenvolvimento de suas reais capacidades e seu autoconhecimento, possibilitando seres íntegros conhecedores de seus verdadeiros potenciais. Despertando o interesse pelos verdadeiros valores humanos e profissionais elevando a autoestima, incentivando a realização dos sonhos e aproximando as pessoas para viver a cada dia buscando melhor qualidade de vida.

Assim agrega ao ser humano/profissional alto valor, valor único, conhecimento e visibilidade para o seu desenvolvimento pessoal e profissional valorizando assim de fato o seu diferencial, e ainda auxiliando-o em seu planejamento de vida e carreira.

O foco é a integralidade única do ser humano, pois o pessoal não está dissociado do profissional e vice-versa, e com isto há uma busca constante do equilíbrio das duas áreas nas competências pessoais, profissionais, estratégicas e mercadológicas.

É a busca constante da excelência pessoal e profissional, sem traumas nem stresses, e com muita qualidade de vida.

Um novo diferencial é a visão sistêmica do ser humano/profissional tendo para a busca do equilíbrio nas 18 áreas/competências que precisam ter para este equilíbrio na busca da excelência, sucesso e felicidade, tudo no concreto, e não só no subjetivo.

De forma resumida o novo marketing pessoal estratégico vai agregar ao profissional valor, conhecimento, estratégia diferenciada e alta visibilidade para o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Então se preparem para a era da evolução do marketing pessoal estratégico aliado ao planejamento estratégico de vida e carreira!

Obrigado pela sua Atenção.

Alexander Baer – www.alexanderbaer.com.br

Via: Administradores

Sobre o autor

Redação

Redação

Blog voltado para estudantes e profissionais do marketing, design, publicidade e entre outras áreas criativas, levando conteúdo de forma simples.

Assine a nossa Newletter

Junte-se aos nossos leitores inteligentes e receba conteúdo semanal. E o melhor é Grátis!

Confirme a sua inscrição no seu e-mail. Obrigado!