Marketing

Tudo que você precisa saber sobre o Marketing 4.0

Mateus Barboza
Escrito por Mateus Barboza

O avanço da tecnologia gerou uma grande revolução nas gerações, na maneira como vemos as coisas e até mesmo a maneira como interagimos com o mundo.

Com isso, as pessoas passaram a estar, na maior parte do tempo, no ambiente virtual, gerando uma nova realidade na qual a internet é a responsável por proporcionar a atuação e os relacionamentos, provando o quão importante é pensar nos sentimentos dos consumidores.

Sendo assim, o marketing teve que evoluir, visto que o público estava cada vez mais encantado pelo mundo online e sendo considerado, muitas vezes, o mais confiável de todos.

Então, o marketing precisou reconhecer a importância de mudar seu posicionamento, a fim de obter resultados positivos também nessa área.

Dessa forma, o marketing 4.0 nada mais é do que uma forma que as empresas adotam para se relacionar com seus clientes, isso é, esse é o marketing dos sentimentos humanos, das interações e das revoluções sociais.

Para chegar até esse ponto, o marketing 4.0 utiliza uma boa estrutura de imagens e também textos bem estruturados e elaborados, capazes de tocar a emoção, a consciência e a razão de cada pessoa.

Parece complicado, não é mesmo?! Mas a verdade é que o marketing 4.0 e bem simples e se você quer saber mais sobre ele, continue lendo e descubra tudo sobre o marketing 4.0.

Tudo sobre o marketing 4.0

Como já foi dito acima, o marketing 4.0 é o marketing das transformações sociais, dos sentimentos humanos e da revolução na interação online. Esse é um tipo de marketing que busca ótimas imagens e bons textos para tocar o coração da audiência.

Você também já deve ter ouvido por aí que o marketing 3.0 está ligado com a inserção e implementação de conceitos mais sustentáveis para o dia a dia de uma empresa e dos publicitários, mas já é possível notar algo além disso.

Atualmente, quem dita as regras do marketing são as pessoas de outra geração, mas que estão sempre dentro do mercado. Entretanto, o que é preciso entender é que o marketing é algo global, que não deve atingir apenas um determinado público com suas estratégias e sim conseguir atrair a todos aqueles que pertencem ao público-alvo definido.

Com isso, ele não pode deixar de ser atrativo nem interessante para os demais, pois a maré muda rápido e pode ser preciso redirecionar o foco.

O que difere o marketing 3.0 do 4.0 é pouco, mas essa é uma diferença fundamental que muda tudo, que é: o foco na internet.

Pode parecer difícil de entender, mas é chocante como as ferramentas do marketing 4.0 são mal utilizadas afetando sua relação com prospectos e clientes. Vale lembrar que essa agilidade e modernidade não é uma característica apenas da nova geração, pois todas podem alcançar esse dinamismo característico do século XXI.

Pergunte a você mesmo: quantas mensagens você recebe na sua caixa de e-mail com mensagens de feliz natal/aniversário, de empresas que você nunca nem ouviu falar?

Sem dúvida, esse tipo de ação é um tiro no pé, pois a empresa se “queima” com isso. A maioria iria dizer que isso é um problema dela, mas a verdade é que a situação é um tanto mais complicada do que isso.

Lembra da palavra globalização, que já está um pouco fora de uso, mas define de maneira simples a troca de informação e costumes que interliga o mundo inteiro.

Ficou claro? Calma, a explicação é a seguinte: imagine que dez empresas criam uma campanha por e-mail e disparam ela para o mesmo cliente. Quando você, que se preocupa com o conteúdo, fizer o envio de algo interessante para esse cliente, ele simplesmente irá ignorar e apagar e o erro não foi seu e sim do mau uso de uma ferramenta tão rica para o marketing que é o e-mail.

O fato é que a regra é bem simples: as pessoas costumam ignorar publicidade. Elas olham somente para aquilo que as interessa e é aí que o marketing 4.0 entra com tudo, permitindo que se use corretamente algumas estratégias e ferramentas disponíveis.

Um pouco mais sobre o marketing 4.0

O marketing 4.0 é uma nova era do marketing que reforça aquela estratégia voltada para os valores, criando uma conectividade que torna o cliente um promotor da marca.

Obviamente não é uma tarefa nada simples conseguir que o público haja indicando a sua marca de uma maneira espontânea e, para isso, é preciso entender a profundidade dessa conexão.

Sendo assim, no marketing 4.0 é preciso deixar de lado a verticalização do relacionamento criado com o cliente, isso é, extinguir a ideia da relação entre “caçador e presa”. Isso exclui a criação de mensagens que não incluem uma conversa, que são unilaterais, que não permitem feedback e nas quais a empresa não demonstra um verdadeiro interesse pelo problema do cliente.

Nessa nova forma de marketing, a horizontalidade ganha lugar, as empresas consideram com respeito a posição do cliente, tem o foco voltado para as suas necessidades e aspirações e conversam de igual para igual.

Com isso, pode-se dizer que o marketing 3.0 ganhou um incremento das redes sociais, que passara a ser fundamentais para manter uma empresa forte no mercado.

Além disso, técnicas como o Inbound marketing, que nada mais é do que o marketing de atração, passam a se destacar, pois conversam com o público, conhecendo seus problemas e oferecendo soluções ao invés de simplesmente “jogar” o produto no colo do cliente.

Outra grande novidade apresentada pelo marketing 4.0 é a junção de canais off-line com canais digitais, tornando a experiência do cliente com a marca algo único. Isso é ainda mais atrativo agora que temos Smartphone cada vez mais acessíveis e aplicativos sempre buscando maior eficiência. Com isso, digital e físico não tem mais fronteiras.

Quantas vezes as pessoas não fazem consultas pela internet sobre um determinado produto enquanto estão na loja, vendo-o pela primeira vez? Essa é a sinergia que permite ao cliente tomar uma decisão a uma velocidade incrível.

Tudo isso só é possível graças ao marketing 4.0 e tudo o que ele pode oferecer.

Sobre o autor

Mateus Barboza

Mateus Barboza

Administrador, designer, social media, fundador do Marketing com Café, podcaster e fotógrafo por hobby.

Assine a nossa Newletter

Junte-se aos nossos leitores inteligentes e receba conteúdo semanal. E o melhor é Grátis!

Confirme a sua inscrição no seu e-mail. Obrigado!