Publicidade

Refrigerantes e sucos artificiais podem ter suas campanhas infantis suspensas

Malena Santos
Escrito por Malena Santos

refrigeranteA  Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e de Bebidas não Alcoólicas (ABIR), está orientando seus associados a suspender a produção de campanhas publicitárias voltada ao público infantil  a mesma possui 51 empresas associadas, reunindo as maiores marcas do mercado, como Coca-Cola, Pepsi e Ambev.

Segundo a assessoria de impressa da instituição, a mudança segue uma tendência mundial da área, espelhada em outros grupos internacionais   que discutem o mesmo tema, a ABIR disse ter o compromisso internacional de efetuar a mudança, que planejava há muito tempo.

Para a associação a decisão do que os filhos devem consumir e de responsabilidade dos pais e não das crianças em si, já que elas têm um grande poder de influência sobre os mesmos na hora da compra dos produtos, partindo deste principio não serão mais produzidas peças publicitárias tendo como público crianças menores de 12 anos.

Nos últimos anos a grande maioria dos associados da ABIR  já reduziram a publicidade e  promoções voltadas para crianças, no entanto esse é um projeto que demanda tempo, pois a associação  além de orientar ela respeita o prazo que as empresas associadas irá precisar para se adaptarem a essa nova e possível decisão.

Sobre o autor

Malena Santos

Malena Santos

Estudante de Publicidade e Propaganda na Universidade Metodista de São Paulo, Cursando o curso livre de ética na USP, escritora de cordéis, veio de lá da Chapada Diamantina – BA.

Assine a nossa Newletter

Junte-se aos nossos leitores inteligentes e receba conteúdo semanal. E o melhor é Grátis!

Confirme a sua inscrição no seu e-mail. Obrigado!