Marketing Social Media

FutureBrand elege as marcas do futuro de 2016

Redação
Escrito por Redação

Marcas do futuro, em meio ao século da inovação, carros autônomos, celulares com scanner de íris, supercomputadores quânticos, a FutureBrand elegeu as 24 marcas do futuros, chamada de FutureBrand Index 2016.

Esse ano, foram usados aproximadamente três mil formadores de opinião de várias nacionalidades para avaliarem em 18 atributos as 100 maiores empresas do mundo em valor de mercado na lista da PwC. Os atributos foram separados em duas categorias: o propósito das marcas e a experiência que elas entregam.

Entre 2014 e 2016 as marcas do futuro aumentaram cerca de 21% seu valor de mercado, três vezes mais que a média das maiores empresas.

“É importante falar sobre valor de mercado porque isso mostra a saúde financeira da empresa, hoje. É importante também você olhar para a força dessa marca, porque isso vai indicar um potencial de futuro para as organizações. Tanto é que as marcas avaliadas como future brands crescem mais que as outras empresas”, conta Daniel Alencar, diretor de estratégia da FutureBrand São Paulo.

“Nosso ranking reordena o Global Top 100 Companies em termos de Força da Percepção ao invés de Força Financeira.” O que quer dizer que as empresas não são ordenadas pelo seu valor de mercado, mas sim pela experiência que seus usuários tem com o produtos e/ou serviços de cada uma.

Entre os entrevistados, 64% revelam que gostariam de trabalhar em uma das marcas do futuro, 77% afirmam que comprariam produtos ou serviços dessas companhias. Outro índice importante aponta que 69% das pessoas considera natural que essas marcas atuem com um preço premium.

marcas do futuro

As 10 marcas do futuro de 2016

Desde 2014, quando o FutureBrand Index foi criado, as empresas de tecnologia estão entre os destaques. Este ano, entre os 10 primeiros colocados, quatro são do setor: além da líder Apple, Microsoft (em 2º lugar), Samsung (em 3º) e Facebook (em 6º).

Nos dois anos anteriores, o topo do ranking foi ocupado pelo Google. Com a nova estratégia da marca corporativa, o nome da holding mudou para Alphabet, que está em 21º lugar. Se fosse avaliada apenas como Google, a empresa estaria, pelo terceiro ano consecutivo, em primeiro lugar.

Sobre o autor

Redação

Redação

Blog voltado para estudantes e profissionais do marketing, design, publicidade e entre outras áreas criativas, levando conteúdo de forma simples.

Assine a nossa Newletter

Junte-se aos nossos leitores inteligentes e receba conteúdo semanal. E o melhor é Grátis!

Confirme a sua inscrição no seu e-mail. Obrigado!