Design Estratégia Marketing

Como introduzir o design em seus projetos.

inserindo o design nos projetos da empresa
Luca Dardi Casu
Escrito por Luca Dardi Casu

A importância do design é amplamente reconhecida entre profissionais criativos e startups inovadoras, mas ainda estamos longe de conquistar espaço em empresas e equipes tradicionais.

O distanciamento entre o designer e outros profissionais causa atritos nas equipes e coloca de lado grandes oportunidades, gerando produtos deficientes, mensagens mais complexas do que o necessário e dificuldades para o usuário. No fim, empresas perdem dinheiro e arrastam projetos que nunca terminam ou atendem a quem deveriam.

Esta desconexão geralmente é equivocadamente atribuída à falta de visão das lideranças, que não se interessam pelas propostas criativas e não dão espaço para o design mostrar seu valor. Mas persuadir o outro a investir em algo que ele não conhece, não entende e foi por anos instruído a acreditar que não é parte de suas competências é um desafio que exige mais do que insistência. É preciso empatia e organização, elementos essenciais do design.

Ouvir e adotar a linguagem do outro, observar e aprender a ver com novos olhos e estar preparado para sair da zona de conforto e trabalhar em equipe – designers, engenheiros, desenvolvedores e gerentes de produto – são práticas que abrirão caminho para que todos progridam.

 

LIDERANÇA PELO DESIGN

 

Líderes se tornam grandes, não pelo seu seu poder, mas por sua capacidade de empoderar os outros.
– John Maxwell

 

Para iniciar algo novo é preciso tomar a frente e assumir riscos. Não existe transformação sem liderança, e não existe liderança sem um objetivo bem definido.

Convide as pessoas que estão direta e indiretamente envolvidas no problema que você deseja solucionar para uma reunião de trabalho e, ao invés de propor um novo e longo projeto, envolva-as em uma rápida dinâmica para encontrarem juntos uma solução para um problema em comum através do design.

A colaboração entre níveis hierárquicos e departamentos enriquece o debate com pontos de vista diversos e divergentes, além de promover a troca de experiências entre áreas que pouco se relacionam. É comum que, quando bem conduzida, este tipo de interação produza resultados muito além daqueles que poderiam ser alcançados por um único especialista.

Liderar deve ser também um esforço para descentralizar o conhecimento e capacitar outras pessoas que serão protagonistas em seus próprios projetos, tornando o pensamento através do design uma prática habitual.

 

SABER ENSINAR

 

“Diga-me e eu esquecerei, fala-me e eu poderei lembrar, envolva-me e eu aprenderei.”
– Benjamin Franklin

 

Para facilitar o engajamento em um novo modelo de trabalho é importante adotar um método simples e replicável, fundamentar as decisões e documentar os aprendizados são pontos chave de uma abordagem bem sucedida.

Não são poucos os modelos mentais e de identificação ou resolução de problemas disponíveis a poucos cliques. Encontrar a forma mais apropriada é um exercício fundamental, considerando o perfil das pessoas com quem temos que nos relacionar e a natureza da questão para a qual buscamos reposta. Este modelo deve ser de fácil aplicação e possível de ser compreendido em poucos minutos.

Um dos estigmas do design é a dificuldade em mensurar resultados e justificar decisões em conceitos objetivos. Por isso, encontrar respostas satisfatórias sob a perspectiva do outro e utilizar linguagem acessível pode ser a chave para aterrissar as discussões abstratas e diminuir a influência das opiniões pessoais.

Depois de muito trabalho em equipe e aprendizados, registre e compartilhe os novos conhecimentos adquiridos durante o processo. Lembre-se das novas informações agregadas por membros que normalmente não participariam deste processo, ou soluções encontradas para resolver questões pontuais, como a indecisão sobre qual caminho seguir. Esta experiência pode ser utilizada futuramente para nortear outras dinâmicas ou mesmo justificar o trabalho através do design em novas oportunidades.

Evoluir o modelo de trabalho pode ser uma tarefa árdua, mas o caminho para colher os benefícios do design em projetos passa pela compreensão de que só é possível vencer através do exemplo, da empatia e da colaboração, e não através da força.

Sobre o autor

Luca Dardi Casu

Luca Dardi Casu

Assine a nossa Newletter

Junte-se aos nossos leitores inteligentes e receba conteúdo semanal. E o melhor é Grátis!

Confirme a sua inscrição no seu e-mail. Obrigado!