Design

Como fazer um logotipo: defina público alvo e posicionamento

Redação
Escrito por Redação

Para saber como fazer um logotipo, primeiro você tem que se dedicar à lição de casa.

O logotipo é uma ferramenta de comunicação que vai ser usada em sua empresa. E como toda ferramenta feita sob medida, ele (o logotipo) precisa seguir as especificações da “peça” (sua empresa) sobre a qual vai trabalhar para que se encaixem perfeitamente e para que a ferramenta produza os efeitos desejados com eficiência e eficácia.

É fácil de entender: se você encomendar ao designer de ferramentas uma chave de fenda do tipo Philips (aquela que tem a ponta em forma de cruz), ele vai criar um utensílio que não vai funcionar em um parafuso comum, daquelas de fenda única.

Não encaixa porque não se fez o pedido correto.

Por isso, não tem como fazer um logotipo sem conhecer primeiro algumas importantes características de sua empresa.

Podemos dizer, em resumo, que para fazer um logotipo é preciso antes definir claramente duas coisas no seu negócio:

  • Quem é seu público alvo?
  • Qual é o posicionamento de sua empresa?

Só depois disso determinado será possível desenvolver um briefing adequado para direcionar o trabalho do designer que vai criar seu logotipo.

Por que?

Porque o logotipo é a peça de design que causa o primeiro impacto em seus clientes e este impacto deve ser coerente com as características de seu produto, benefícios que traz ao consumidor e promessas que faz a ele.

Para isso, devemos entender:

  • Quem são essas pessoas
  • Qual é a sua oferta de produto ou serviço.

Você conhece o perfil sócio-demográfico do seu consumidor?

Isto é:

  • Onde mora?
  • Qual sua idade?
  • Esse público é masculino ou feminino? Ou a ambos?
  • Em quais percentagens de cada gênero?
  • Qual a renda?
  • Classe social?
  • Eles trabalham, estudam?
  • Com que trabalham ou estudam?
  • São casados ou solteiros?

Estas são apenas algumas perguntas que precisam ser respondidas para definir o perfil de quem compra seu produto ou usa seu serviço.

Você conhece o perfil psicográfico do seu mercado comprador?

Isto é, as características psicológicas e comportamentais de seus clientes. Afinal, quem é esse consumidor do seu produto ou serviço?

  • São jovens descolados?
  • Adultos maduros batalhadores?
  • Donas de casa evangélicas?
  • Baladeiros desempregados?
  • Crianças em idade pré-escolar?
  • Universitários idealistas que querem salvar o mundo?
  • Torcedores do Corinthians?

Estes são alguns exemplos de “personas” que podem encarnar o seu consumidor típico e se você tem que falar com eles por meio de um logotipo, precisa conhecer que língua eles falam, quais são seus valores, para poder fazer com que se identifiquem com seu produto ou serviço.

Existe um site criado pela Universidade de Cambridge que permite definir a personalidade das pessoas por meio do face book.

Além de conversar convincentemente com seu público, o logotipo também desempenha outros importantes papéis.

Algumas funções do logotipo

– É ele que identifica seus produtos ou serviços.

– Diferencia-os dos demais concorrentes.

– Traz a mente do consumidor seus atributos e características.

– Desperta sua atenção no ponto de venda.

– Agrega atributos emocionais.

– Estimula a compra de impulso.

– Leva a repetição de compra.

Tudo isso que falamos até agora não entrou na outra parte da charada proposta sobre como fazer um logotipo.

Dissemos que além de conhecer quem é seu público, você precisa definir claramente o posicionamento de sua marca.

Qual o posicionamento de sua empresa?

Podemos dizer de forma sucinta que, estrategicamente, uma empresa tem 3 alternativas:

  • Ser aquela que produz mais barato (liderança de custos).
  • Ser aquela que oferece o melhor serviço ou produto em relação a determinado benefício (diferenciação).
  • Focar em um segmento específico.

Os posicionamentos derivam dessas estratégias. Veja alguns exemplos de posicionamento de empresas fictícias:

  • Só Pechincha: O menor preço em produtos de limpeza.
  • MaxDecor: Só o melhor do design para o seu lar.
  • VestPlus: Vestidos especiais para tamanhos G e GG.

Em um primeiro momento você não precisa ser criativo: apenas direcione as coisas, pode ser algo mais simples, assim: Vendemos utensílios de cozinha importados para restaurantes gourmet de alto nível.

Agora é preciso definir o público alvo para poder explicar para o designer como fazer um logotipo que fale corretamente com ele.

Como conhecer seu público alvo?

A maneira mais simples e objetiva de fazer isso, se você não pretende contratar uma consultoria de marketing, é conversando com ele, observando e perguntando.

Pesquise em seus cadastros, listas de email e endereços, converse com os vendedores e vá montando as principais características.

Por exemplo: Quem tem uma loja de bolas de bairro, sabe que seus clientes estão localizados naquela região. Pela lista de entregas, pode definir uma ou duas regiões secundárias. Além disso, ao observar as pessoas que vão à loja comprar ou retirar bolos, o dono pode perceber que em sua maioria são dois tipos de clientes: donas de casa ou funcionários de escritórios da região.

Assim, ele monta 2 perfis sócio-demográficos:

Perfil 1:

  • Mulheres casadas.
  • Trabalham no lar.
  • Entre 25 e 45 anos.
  • Estudaram até o colegial ou faculdade.
  • Moram no bairro X, o mesmo da loja.

Perfil 2:

  • Gerentes de RH ou administrativos de escritórios.
  • A maioria são casados.
  • Entre 30 e 55 anos.
  • Formados em faculdades de administração ou afins, alguns tem pós-graduação.
  • 70% no bairro X.
  • 30% dos bairros Y e Z, pedem para entregar.

Com base nisso, ele monta duas personas:

Persona 1 – Dona de casa:

Marina é casada, mãe de 2 filhos, se formou em pedagogia, mas depois que os filhos nasceram preferiu cuidar deles até crescerem um pouco mais. Hoje eles tem 5 (Ana) e 8 anos (Miguel). Depois de arrumar a casa pela manhã e levar as crianças para a escola, onde conversa com outras mães, gosta de relaxar vendo TV, lendo ou na internet. Adora ir ao cinema, correr aos finais de semana e viajar para a praia. Umas vez por semana costuma comprar um bolo diferente para, no final da tarde, fazer um lanche caprichado com os filhos.

Persona 2 – Executivo:

Ferreira é o gerente de RH do escritório de contabilidade ABCD. Tem um dia  muito corrido mas faz questão de criar um ambiente agradável na empresa. Por isso, uma vez por mês compra dois bolos grandes e alguns refrigerantes  para homenagear os aniversariantes. Ele escolhe um sabor e faz votação no escritório para escolherem o outro. É muito querido pelos funcionários e tem fama de pão duro. Adora futebol e vídeo game.

Pronto!

Com isso e com o posicionamento que definimos lá em cima, vai ficar muito mais fácil para o designer saber como fazer um logotipo para sua empresa.

Fonte: Wedologos

Sobre o autor

Redação

Redação

Blog voltado para estudantes e profissionais do marketing, design, publicidade e entre outras áreas criativas, levando conteúdo de forma simples.

Assine a nossa Newletter

Junte-se aos nossos leitores inteligentes e receba conteúdo semanal. E o melhor é Grátis!

Confirme a sua inscrição no seu e-mail. Obrigado!