Design

Aprenda a criar paletas de cores super fácil com essas 4 ferramentas

Mateus Barboza
Escrito por Mateus Barboza

A paleta de cores é um ferramenta muito importante para o design então separamos 4 ferramentas fácil para você criar a sua própria paleta e criar várias cores super criativas, então vamos lá.

Adobe Kuler 

paleta1-730x474

O Kuler talvez seja a ferramenta de criação de palestas mais conhecida devido à sua ligação com os programas da Adobe. Ele permite que você crie paletas utilizando a color wheel, dando algumas predefinições (tríade, cores análogas e outras opções) para facilitar a combinação de cores.

Uma forma bem interessante de obter uma paleta é enviando uma imagem para que ele reconheça as principais cores. A ferramenta faz uma varredura na imagem, dá sugestões de composição (cores vivas, sombras e outras opções) e ainda permite que você retorne para a color wheel e ajuste as cores sugeridas.

Você também pode explorar as paletas criadas pelos outros usuários para sua inspiração. O Kuler permite utilizar uma paleta como base para começar a fazer a sua própria. A color wheel deixa o “ajuste fino” das cores bem prático.

Ao terminar você pode salvar sua paleta no formato .ase (compatível com os programas Adobe). Esta opção exige que você tenha (ou crie) uma Adobe ID, mas não se preocupe: ela é gratuita.

Ah, o Kuler também possui um aplicativo gratuito para iOS.

Colourlovers

paleta2-730x456

O COLOURlovers é um simpático site que reúne muito conteúdo criado pelo usuário. Aqui a inspiração para encontrar uma paleta de cores é mais fácil do que pelo Kuler. Você pode buscar por temas e até mesmo pedir dicas nos grupos de discussão do site.

No COLOURlovers você encontra a ferramenta COPASO para criar sua paleta. Ele utiliza uma color wheel e um seletor HSL e HSV (tipo o do Photoshop, mas que permite mexer também na saturação). São cinco predefinições (blend, complementar e outras opções) que ajudam a compor.

Assim como no Kuler, você também pode enviar uma imagem de referência para a sua paleta noCOPASO. Depois do envio, ele mostra uma miniatura que permite que você selecione a cor, mostrando uma composição com ela de acordo com a predefinição escolhida (tríade, por exemplo).

Além das paletas e grupos de discussão sobre os mais variados assuntos, o COLOURlovers possui também ferramentas que merecem ser exploradas. A ferramenta de criação de patterns, por exemplo, é bem intuitiva — e viciante.

Colorexplorer

paleta3-730x379

Das ferramentas online de cor, o ColorExplorer é uma das mais completas que conheço. Ele permite que você utilize o seletor de cores e mostra opções de variação de sombra ao mesmo tempo. Após montar uma paleta, você pode aplicar filtros e estilos que transformam sua paleta em tons mais frios, quentes, sépia, websafe ou cores vivas para quadrinhos.

Na opção “Color Matching”, ele dá alguns parâmetros para auxiliar a encontrar cores que conversem com uma cor principal pré-escolhida e permite o ajuste fino, como luminosidade e saturação.

Outra ferramenta que o ColorExplorer tem é o catálogo de cores e conversão de cores. Entretanto, é bom tomar cuidado ao utilizar estas referências de cores. A ferramenta tenta simular qual seria o equivalente da cor RGB em uma versão impressa. Esta missão é impossível sem um árduo trabalho de calibragem de monitores, então não tome os dados (nem o que vê na tela) como verdade absoluta. O que sairá impresso pode ser bem diferente do que está na tela.

Ao terminar, você pode exportar sua paleta para uma série de formatos a sua escolha.

Color Sheme Designer

paleta4-730x483

O Color Scheme é o mais funcional das ferramentas apresentadas. Ele indica na color wheel cores quentes e cores frias (ideal para novatos), mostra um preview da paleta escolhida em uma página de exemplo e permite alterar a saturação de uma cor ou da paleta inteira.

Ele ainda possui uma característica importantíssima para quem se preocupa com acessibilidade: ele simula a usabilidade diante de pessoas com problemas de visão, como a deuteranomalia.

Você pode gerar paletas com o auxílio dos parâmetros da ferramenta ou gerar uma paleta aleatória. Ao terminar, ele permite que você exporte para Photoshop, GIMP, HTML+CSS, XML e em texto para copiar os dados da paleta. Outra coisa legal é que abaixo da paleta criada fica um link “Scheme ID”, que permite compartilhar a combinação com alguém sem complicações.

Fonte: Design Culture

Sobre o autor

Mateus Barboza

Mateus Barboza

Administrador, designer, social media, fundador do Marketing com Café, podcaster e fotógrafo por hobby.

Assine a nossa Newletter

Junte-se aos nossos leitores inteligentes e receba conteúdo semanal. E o melhor é Grátis!

Confirme a sua inscrição no seu e-mail. Obrigado!